Comunidade – Nossa Sra. das Dores


No dia 5 de outubro de 1988, em uma reunião com moradores do bairro Jardim Anézia juntamente com Padre Ocimar fundou-se a Comunidade.
A padroeira da Comunidade foi escolhida tendo em vista o decreto do Papa João Paulo II do ano de 1987, como Ano Mariano. O nosso bispo daquela época, Dom Fernando Legal, organizou uma peregrinação da Imagem de Nossa Senhora das Dores, que também é padroeira da Diocese por todas as Paróquias.
Recebida a imagem no trevo de acesso do bairro, motivou os moradores a escolher Nossa Senhora das Dores como padroeira da Comunidade e também dos motociclistas aqui da cidade, já que havia muitos recepcionando a imagem, no trevo de acesso ao bairro.
Este fato fez com que Dom Fernando Legal decretasse Nossa Senhora das Dores como padroeira dos motociclistas na cidade de Porto Ferreira, fato que está registrado nos livros da Diocese. Por falta de um local para as Celebrações, os encontros aconteciam na casa do Sr. José e Maria Pugini Estefani.
Em 1989, aconteceu no mês de outubro, uma peregrinação da imagem de Nossa Senhora nas casas dos moradores e durou um ano todo. Após a doação do terreno pela Prefeitura, foi construído em mutirão o barracão da Comunidade.
Em outubro de 2007, a Comunidade passou por uma reforma completa. Seu espaço físico foi aumentado, o presbitério reformulado e criada uma sala para a realização da catequese.
Temos o trabalho da Catequese com classes de Eucaristia e Crisma; e também o trabalho da Pastoral da Criança. É tradição na Comunidade a Festa e a procissão com os motociclistas todos os anos.

Voltar