Justiça


“Não tenha inveja do homem violento, e de modo nenhum imite o comportamento dele, porque o Senhor detesta o perverso, mas é amigo dos justos.” (Pr 3,31-32)

“Ensina-nos a te buscar, Senhor. Ensina-nos a buscar o bem e não o mal. Ensina-nos a odiar o mal, amar o bem e respeitar o direito dos pobres. Não aconteça conosco aquilo que aconteceu com certo homem: fugindo de um monstro, caiu nas garras de outro. Livra-nos das trevas e do ódio. Senhor, que a tua justiça corra entre nós como torrente de água pura e inextinguível. Ajuda-nos a confiar em ti e não no poder das riquezas. É verdade, Senhor, nosso comodismo deu força ao reino da violência. Ensina-nos a te buscar.” (H. Francischetti)


Voltar