Louvor


“Deem graças ao Senhor, porque ele é bom, porque a sua misericórdia é para sempre.” (Dn 3,89)

“Meu pai, agradeço-te o milagre da minha criação. É um achado teu, uma descoberta tua, que eu esteja aqui. Bem que eu poderia outrossim ter permanecido eternamente sepultado no caos, mas tu, daí me retiraste… Sim, encontro-me aqui… O agradecimento sobe na verdade de baixo para o alto. Tu te dás a mim e, por isso, aceitas-me! Faze o que quiseres em todas as coisas que acho que podem ser de necessidade, de prazer, de utilidade. Tanto que podes dá-las como deixar de dá-las. Dá-me somente a ti mesmo. Amém!” (Zinzendorf)


Voltar