MAIS NOTÍCIAS

2018 ANO ELEITORAL: SANTUÁRIO DE APARECIDA LANÇA CAMPANHA POR BRASIL ÉTICO.


Quarta Feira, 03 de Janeiro de 2018

Em 2018, quando o Brasil terá eleições para presidente, governadores, deputados federais e senadores, o Santuário Nacional de Aparecida lançou uma campanha de cidadania a fim de orientar os brasileiros e rezar pelo país.
O projeto ‘Eu sou o Brasil Ético’ foi apresentado em coletiva de imprensa nesta terça-feira, 2 de janeiro, pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, e pelo reitor do Santuário Nacional, Padre João Batista de Almeida.
A iniciativa, como explica em seu site, “tem como objetivo convocar os cristãos a fazer uma profunda reflexão sobre os valores que devem reger suas ações e, a partir disso, construir um Brasil diferente”.
Segundo Dom Orlando Brandes, “não estamos aqui fazendo qualquer propaganda de politica partidária, mas estamos aqui em nome da nossa fé, porque a nossa fé se manifesta no amor, e os nossos Papas sempre disseram que a politica é uma alta forma de amor”.
O Arcebispo ressaltou que o Brasil ético significa um país de “justiça, fraternidade, dignidade humana, promoção da vida”. “E o que mais precisamos, especialmente na política, é a ética”, acrescentou.
O reitor do Santuário, Pe. João Batista, explicou que o “projeto nasceu como uma extensão do Jubileu” dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, celebrado em 2017.
“Na verdade, terminada a festa da Jubileu, logo na segunda quinzena de outubro, quando nós nos juntamos para planejar 2018, veio essa inspiração: vamos convocar o Brasil para tomarmos atitudes concretas”, contou.
Assim, decidiram aproveitar o ano eleitoral de 2018 e, “dentro desse contexto político, convocar o nosso povo para tomarmos a frente em algumas situações”.
Para o Arcebispo de Aparecida, por sua vez, este ano de eleição “não será igual aos outros”. “Depois de toda essa manifestação de corrupção, de comprovação de que nossa política pode e deve melhorar, este ano eleitoral tem um significado muito grande, primeiro para a gente não perder a confiança nos políticos, porque temos políticos bons, portanto desânimo e pessimismo não são o caminho, mas reconstruir, criar outros critérios, outra mentalidade política, isso nos cabe”.
Nesse sentido, o projeto ‘Eu sou o Brasil Ético’ será desenvolvido por meio de três atitudes concretas: o Dia Nacional Mariano, a convocação para uma conversão dos cristãos e a orientação dos devotos para um voto consciente.
Pe. João Batista indicou que o Dia Nacional Mariano acontecerá no dia 12 de cada mês, afim de rezar pelo Brasil.
“Nós temos essa vocação, nós temos essa obrigação. Todos os dias, vamos rezar pelo Brasil. Mas, um dia especial, dia 12 de cada mês, nós vamos ter ações concretas de oração pelo país”, assinalou.
Segundo ele, a cada mês, “teremos uma motivação especial para rezar”, ou seja, será adotada como intenção um situação específica do país.
A segunda ação concreta será “convocar o devoto para novas atitudes, uma nova postura de vida”.
“O Santuário tem por vocação e missão o sacramento do perdão, da misericórdia e da conversão e nessa segunda ação nós queremos provocar nas pessoas um processo de conversão, de mudança de atitudes”, pontuou o sacerdote, recordando que muitas vezes as pessoas se assustam com grandes notícias de corrupção, mas não com atos cotidianos que corrompem, como pegar uma pequena coisa em um estabelecimento comercial, estacionar o carro em local proibido, entre outros.
“Gostaríamos de, este ano, durante as nossas celebrações, as nossas catequeses, com as nossas publicações, as entrevistas, convocar o povo para isso”, a conversão. “É aquela frase: ‘Jogue o lixo no lixo’. Se nós jogarmos o lixo no lixo, tudo vai ficar limpo”, completou.
A terceira ação será mais ligada às eleições, pois o Santuário gostaria de, “neste ano, ajudar o devoto de Nossa Senhora a usar as ferramentas que ele tem à sua disposição, como verificar os candidatos ficha limpa, olhar o passado dos candidatos e analisar a sua conduta política”.
“Claro que a escolha será de cada devoto, de cada cidadão, porque nós não podemos assumir o lugar da pessoa. É um processo pessoal de conversão e de convencimento, porque este ano nós temos a oportunidade de mudar o Brasil”, disse o reitor.
Por sua vez, Dom Orlando Brandes recordou que a Igreja no Brasil está vivendo em 2018 o Ano do Laicato. Assim, “estamos unindo duas grandes forças”, expressou.
“Queria convidar os católicos para que se candidatem, sentindo essa missão, essa vocação. O lugar do leigo é exatamente no altar da política, digamos assim. Não é campo para a hierarquia, a Igreja não aceita que bispos, padres, religiosos, religiosas se candidatem, porque essa é uma missão específica dos leigos”, explicou.
O Prelado também convidou todos a “acreditar no voto” e a preparar “pessoas boas, honestas, dignas, com competência, eficiência e transparência para que o nosso Brasil possa continuar seu processo de crescimento e não regredir”.

Untitled Document
O Santuário | Notícias | Fotos | Vídeos | Partituras/MID | Pastorais | Comunidades | Agenda | Nossa História | Contato | Mensagem PE | Evangelho do dia | Santo do dia

Praça Cornélio Procópio, s/n | Centro | Porto Ferreira-SP | CEP 13660-000 | Tel/Fax: (19) 3581-1049